Belém não dispõe de uma ampla rede de albergues, o que acaba limitando as opções para quem prefere ficar em quartos compartilhados e de baixo custo, como eu. Mas felizmente encontrei no Booking uma excelente opção. Trata-se do ÔVibe Hostel & Arts, um hostel com espírito jovem, que promete favorecer aos hospedes equilíbrio entre mente e alma através da arte, esportes, música e comida.

Siga o Roteiros Possíveis no Instagram @roteirospossiveis.

ovibe.jpgLOCALIZAÇÃO – Um dos pontos positivos do ÔVibe Hostel & Arts sem dúvida é sua localização. Fica na região central, na Travessa Benjamin Constant, 1374, em Nazaré. A rua é perpendicular à Avenida Nazaré, por onde passa a tão famosa e emocionante procissão do Círio. A localização estratégica facilita a vida do hóspede, já que estará a poucos metros de muitos pontos turísticos da cidade, como a Basílica de Nossa Senhora (1,3 km), o Teatro da Paz (0,8 km), a Estação Docas (1,6 km) e o Mercado Ver-o-Peso (2,1 km).

Próximo também estão bons restaurantes e lanchonetes. Recomendo a Cantina Italiana (em frente), o Porpino Burger (1,7 km) e o The Burger Spot (0,4 km). Ah! No hostel há uma hamburgueria que funciona pela noite e um pequeno restaurante. O bom de Belém é que quase todas as corridas, pelo menos aos principais pontos de interesse, não te custarão mais que R$ 7. Isso é bom, sabendo que andar por Belém pode ser uma tarefa árdua, haja vista o calor que faz naquela cidade.

LEIA MAIS: 10 motivos para conhecer Belém do Pará

ovibe1.jpgINSTALAÇÕES – O ÔVibe Hostel & Arts fica numa casa colonial portuguesa , mas atualmente mistura estilos, havendo traços rústicos e modernos. Confesso que isso me chamou bastante atenção e foi um dos motivadores para fazer a minha reserva com ele. O hostel tem apenas três quartos, com capacidade de receber 23 hospedes no total. Sendo 10 no quarto feminino, 10, no masculino e até 3 no quarto privado. Todos com ar-condicionado e portas com travas magnéticas. Os quartos ficam no andar superior, o que pode ser um problema para quem tem dificuldades de locomoção.

ovibe2.jpgNo quarto feminino e no privado, o banheiro é interno. O banheiro do quarto dos rapazes fica no corredor. Ali, no alto da escada fica um bebedouro para os hóspedes. Na parte inferior, além da recepção, fica restaurante Snackbar, cuja a decoração é bem moderninha. Mais adentro está uma grande sala de convivência, onde também fica a Hamburgueria 1003. No pátio interno, há cadeiras e mesas, além de algumas salas que servem para as atividades oferecidas pelo hostel, como yoga, por exemplo.

ovibe8.jpgÀs quintas, sextas e sábados, o hostel abre as portas para o público geral. À noite a casa fica movimenta com muita música e drinks. Então, que quiser se hospedar por lá e desejar silêncio, vai ter um pequeno grande problema nesses dias, já que a festa costuma ir até altas horas.

ovibe6.jpgSERVIÇOS – Não há muito o que falar dos serviços do hostel. Não há café da manhã incluso na reserva, mas o restaurante oferece um cardápio para todas as refeições. O wi-fi funciona bem. A limpeza é boa, apesar de no banheiro haver alguns pernilongos. O staff foi sempre prestativo e gentil.

Paguei R$ 40 pela diária no quarto compartilhado. Um preço muito bom para a qualidade do hostel. E claro, voltaria a me hospedar por lá.

ovibe4

Que tal ganhar R$ 50 em desconto na sua próxima reserva de hotel? CLIQUE AQUI e garanta já o seu desconto. Além disso, você ainda ajuda este blogueiro que vos fala.  

Gostou do post? Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário. Aproveite curta as redes sociais do Roteiros Possíveis.

Instagram: https://www.instagram.com/roteirospossiveis/
Facebook: https://www.facebook.com/roteirospossiveis/
Twitter: https://twitter.com/blogroteirospos/
Pinterest: https://br.pinterest.com/roteirospossveis/pins/

Imagens: ÔVibe Hostel & Arts