Cartagena é uma cidade ensolarada, cheia de vida e com muitas opções para aproveitá-la. Para ajudar em sua estada pela cidade, preparei esse roteiro de 4 dias pela cidade caribenha. Este texto é uma continuação do roteiro por Cartagena que iniciei aqui neste post. Sigam-me os bons!

DIA 2 – CASTILLO DE SAN FELIPE / CIDADE AMURALHADA

No primeiro dia, já deu para ver muita coisa da região histórica de Cartagena. Mas ainda há o que conhecer. Contudo, sugiro que comece esse segundo dia visitando o Castillo de San Felipe de Barajas, que fica fora da cidade amuralhada. Pegue um Uber para chegar até lá. Será preciso pagar ingresso para entrar no castelo (COP 25.000).

Siga o Roteiros Possíveis no Instagram @roteirospossiveis.

Além da vista da cidade, para mim o mais interessante foi visitar os túneis subterrâneos da construção. Meio claustrofóbico, mas pode ser divertido. Algumas pessoas reclamaram do calor que faz lá, por isso é bom ir cedo para evitar o sol mais intenso. Atrás do castelo, fica o monumento Los zapatos viejos, em homenagem ao poeta Luis Carlos López, e à sua obra mais popular, “A mi Ciudad Nativa”. Após sair do castelo, você pode passar pelo Convento Santa Cruz de La Popa, que fica no alto de um morro e onde terá uma vista panorâmica da cidade.

roteirospossiveis483.JPGDepois do almoço, aproveite para percorrer as ruas da cidade amuralhada e conhecer alguns pontos que faltam. Passe por Las Bóvedas, atualmente um grande espaço para comercialização de artesanato, com lojas e galerias de artes, já foi sede do quartel espanhol na cidade e serviu de prisão durante a Independência e começo da República.

roteirospossiveis484.JPGDe lá, siga pelas ruas até chegar ao Teatro Heredia (ou Teatro Adolfo Mejía), construído a partir das ruínas de uma antiga igreja. Faça uma visita guiada, que ocorrem de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Depois do teatro, vá até a Plaza Santo Domingo, bastante movimentada, com bares e restaurantes no seu entorno. Geralmente as pessoas fazem o esquenta por ali antes de ir para as baladas. É nesta praça que estão a Iglesia de Santo Domingo – a construção civil mais antiga da cidade – e da escultura da gorda Gertrudis, do mestre Fernando Botero. O dia termina por aqui. Se quiser esticar a noite, já sabe. Há muitas opções pela cidade.

roteirospossiveis485.JPG

DIA 3 – ISLAS DEL ROSÁRIO / PLAYA BLANCA

O terceiro dia dedique à Islas que pertencem à Cartagena. Aconselho a ir a Playa Blanca, onde o mar é azul e calmo. Existem opções de barco e de ônibus ou van. As de barcos fazem passeios por várias praias e são mais caras. Além disso, muita gente diz que o traslado é para os fortes, já que o mar é agitado ao longo do caminho.

Quem escolher ir para a Isla de Barú, conhecer a Playa Blanca, pode optar pelo ônibus e pagar bem mais barato. Mas por isso mesmo, é um pouco mais cheia. Nas proximidades da Torre do Reloj existem várias pessoas vendendo passeios, que em média custam COP 50.000, com almoço incluso.

DIA 4 – GETSEMANÍ / BOCAGRANDE

O último dia pode ser dedicado ao famoso bairro Getsemaní. A região tem uma forte presença de negros, isso porque no passado era moradia de escravos. Passou recentemente por uma revitalização cultural, o que ajudou a diminuir o tráfico de drogas e a prostituição. Hoje, o bairro está cheio de bares, restaurantes, hotéis e boutiques, inclusive é um dos bairros preferidos dos mochileiros.

roteirospossiveis486.JPGTambém há muitos espaços para as artes, com destaque para a Plaza de la Trinidad, coração do bairro, onde está a Iglesia de la Santísima Trinidad, fundada em 1643. Nesta praça, é possível ver algumas apresentações culturais, especialmente no início da noite, e em seguida, concentra um grande número de jovens que aproveitam a noite cartagenera. Aliás, o bairro tem muitas casas de shows como o famoso Café Havana e o tradicional Mister Babilla.

roteirospossiveis472Mas talvez as atrações mais legais do bairro sejam os grafites que decoram as paredes das casas. Assim como se observa no bairro La Candelaria, em Bogotá, houve nos últimos anos uma grande difusão da arte urbana em Getsemaní. Há grafites para todos os gostos. Desde os que contam um pouco da história da cidade, até aqueles que tratam de temas mais recentes, como o empoderamento feminino. O conjunto formado pelos grafites e arquitetura colonial das casas faz do bairro um cenário perfeito para as fotos.

roteirospossiveis473Depois do almoço, a dica é conhecer Bocagrande, a área mais nobre da cidade, com os prédios altos e praias mais visitadas da cidade. Não espere pelas águas cristalinas que você encontra lá em Playa Blanca. Nessa região, a água e quente, mas não é tão límpida, por causa da areia mais escura. A Playa de Bocagrande é bastante popular e fica bem cheia nos finais de semana.

roteirospossiveis487.JPGAqui chega ao fim o roteiros de 4 dias por Cartagena. Se gostou, curta e compartilhe o post. Assim você também ajuda a divulgar o blog. Aproveite siga o Roteiros Possíveis pelas redes sociais.

Instagram: https://www.instagram.com/roteirospossiveis/
Facebook: https://www.facebook.com/roteirospossiveis/
Twitter: https://twitter.com/blogroteirospos/
Pinterest: https://br.pinterest.com/roteirospossveis/pins/

Imagens: Anderson Corrêa

Anúncios