A cidade mais badalada do Uruguai fica a poucas horas de Montevidéu. Com praias, cassinos e clubes, a cidade deve estar na lista de quem vai ao Uruguai. Mesmo quem tem pouco tempo por lá, dá aproveitá-la em 24 horas num bate-volta desde a capital, o que ocorreu comigo.

QUANDO IR | A melhor época de ir à Punta del Este é no verão. Fora desta época, a cidade fica quase vazia, por causa do frio. Para quem não sabe, Punta é o ponto mais ao sul do Uruguai e no inverno costuma ter temperaturas baixíssimas. Desse jeito não dá praia. Mas evite ir durante o carnaval. A cidade fica lotada e os preços inflacionam.

COMO IR | Existem voos diretos do Brasil para a cidade, partindo de São Paulo. Mas se já estiver em Montevidéu, há ônibus que te levam para a Punta a cada uma hora. Saem tanto da Rodoviária Tres Cruces, quanto do aeroporto. Alugar um carro também é uma boa. Especialmente porque as estradas do país são excelentes. Além disso, na alta temporada, os táxis pela cidade costumam dobrar o preço.

roteirospossiveis404.JPGONDE FICAR | Seu bolso é seu guia. Eu, como um bom mochileiro, fiquei no The Trip Hostel. O lugar é cheio de gente jovem e divertida, com bom esquenta para as festas nos clubes e cassinos. Existem outros albergues na cidade, mas se preferir pode ficar em algum dos hotéis luxuosos da região, como o Conrad, o Cumbres Art Hotel e o Serena, por exemplo.

O QUE FAZER | Vamos às atrações de Punta del Este.

roteirospossiveis402.JPGTalvez o ponto mais famoso da cidade seja a escultura La Mano, que fica na Playa Brava. Quem for tomar um sol por lá, vai se deparar com as centenas de pessoas tentando enquadrar os dedos da escultura nas suas fotos.

casapueblo.jpgA Casapueblo também é um dos pontos mais visitados de Punta. Um misto de hotel, galeria de arte e restaurante, o local tem um arquitetura diferente e propicia um dos mais belos pôr do sol do Uruguai.

Caminhar ou pedalar pela Rambla General Artigas, assim você já consegue matar vários pontos de interesse de uma vez. O passeio é agradável, especialmente no fim da tarde quando poderá ver o sol se despedir.

punta helô 053.JPGO Porto da cidade também é uma atração imperdível. Com uma boa estrutura, o local é bastante visitado pelos turistas. Ali poderá ver os lobos/leões marinhos e ficar pertinho deles, apesar de eu não aconselhar muito.

Passear pela Avenida Gorlero, onde estão as lojas e restaurantes badalados da cidade, é outra boa pedida. Muitos ficam abertos até a madrugada durante o verão. Mas cuidado com os preços. Mesmo as promoções que ficam no calçadão podem assustar.

conrad.pngÀ noite, a pedida é ir a algum clube ou cassino para que preferir e tiver um dinheirinho sobrando. Indico o clube OVO, que fica no Conrad Hotel. Muito famoso, o clube toca de tudo um pouco.

roteirospossiveis403.JPGPor último, escolha uma praia para passar algumas horas. Já indiquei a Playa Brava, mas existem outras tão legais como a Playa Mansa. Lógico que o mar e o rio têm águas geladas, mas um mergulho sempre é bem-vindo. O bom mesmo é ler um livro ou ligar sua playlist e abstrair de tudo.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário. Aproveite compartilhe este post e ajude a divulgar o Roteiros Possíveis pelas redes sociais.

Instagram: https://www.instagram.com/roteirospossiveis/
Facebook: https://www.facebook.com/roteirospossiveis/
Twitter: https://twitter.com/blogroteirospos/
Pinterest: https://br.pinterest.com/roteirospossveis/pins/

Imagens: Anderson Corrêa / Reprodução da internet

Anúncios