De Paris saíram alguns dos mais famosos artistas de todos os tempos, entre pintores, escultores e escritores. Talvez por isso a grande vocação da cidade para os museus. Há tantos na cidade que fica difícil de conhecê-los em uma única viagem. Neste post apresento os cinco museus que tive o privilégio de visitar durante minha rápida estada pela Cidade Luz. Devo dizer que são encantadores. Quer saber os motivos? Então, continue lendo.

Siga o Roteiros Possíveis no Instagram @roteirospossiveis.

MUSÉE DU LOUVRE | Você vai gostar porque tem algumas das obras mais famosas que você se acostumou a ver apenas nos livros de história.

roteirospossiveis346O mais famoso museu do mundo tem também a obra de arte mais famosa do mundo. Estamos falando do Musée du Louvre e sua Gioconda (Mona Lisa), de Leonardo da Vinci. Este é com certeza um passeio imperdível de Paris. Mas é preciso tempo para visitá-lo. Instalado no antigo Palácio dos reis da França, o museu é grande, possuindo vários andares e coleções. Eu fiquei por lá por quase 4 horas e não deu para ver tudo. A dica é listar prioridades.

roteirospossiveis347Logo na entrada pegue o Mapa de informações (em português), por ele poderá se guiar para encontrar as obras que mais deseja ver. O guia já sugere algumas obras importantes, indicando os locais onde se encontram. São mais de 10 coleções a seu dispor, sem falar nas exposições temporárias. As coleções de antiguidade grega, egípcia e romanas são maravilhosas, mas também indico as obras renascentistas e neoclássicas, como as orientais também.

Lembre-se que as filas para compra dos ingressos são longas. O melhor é comprar pela internet ou usar o Museum Pass, como eu fiz, que facilita sua entrada.

Horários: aberto das 9h às 18h. Às quartas e sextas aberto até às 21h45. O Louvre fecha às terças-feiras, dia 1º de maio, 14 de julho, 25 dezembro e 1º de janeiro. Preço para ver o acervo, fora exposições temporárias: € 15,00. Endereço: Museu do Louvre, 75001, Paris, França.

MUSÉE D’ORSAY | Você vai gostar porque o museu tem como sede uma antiga estação de trem de Paris.

roteirospossiveis349Instalado numa antiga estação ferroviária de Paris construída em 1900, ao lado do Rio Sena e pertinho do Louvre, o Musée d’Orsay reúne um acervo de obras de grandes artistas que datam de meados do século XIX até o segundo decênio do século XX. Entre os importantes nomes estão Manet, Monet, Caillebotte, Cézanne, Renoir, Pizarro.

O museu não é tão grande quanto o primeiro que listei, mas é tão excepcional quanto. Só o prédio já vale a entrada. Repare no relógio maravilhoso do local. Pegue o mapinha para se orientar melhor. Indico duas horas para visitar o museu. Existe um desconto no ticket na compra antecipada pelo site do museu para quem também visita o Musée de l’Orangerie, nas Tulherias.

Horários: aberto das 9h às 18h. Às quintas-feiras aberto até às 21h45. Fechado às segundas-feiras, 1º de maio de 25 de dezembro. Preço para o acervo e exposições temporárias: € 12,00. Endereço: 1 rue de la Légion d’Honneur, 75007 Paris.

CENTRE POMPIDOU | Você vai gostar porque além de museu com obras de brasileiros, tem biblioteca, restaurante e uma esplanada  artisticamente movimentada.

Pompidou.jpgPara quem gosta de obras modernas e contemporânea este é o local ideal. Trata-se de um Complexo arquitetônico vanguardista que abriga o Museu Nacional de Arte Moderna, biblioteca e centro musical. Ali estão obras importantes de Picasso, Kandinsky, Matisse, Duchamp e de brasileiros como Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Lasar Segall e Portinari.

roteirospossiveis350roteirospossiveis351Em uma das salas há um espaço dedicado às revistas que circularam no mundo com manifestos sobre a arte moderna. Eis que ali também se encontra a revista brasileira Klaxon que teve como colaboradores nomes como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Graça Aranha, Manuel Bandeira, entre outras personalidades que integraram o movimento modernista tupiniquim. No último andar, tem-se uma vista bela de Paris.

Horários: aberto das 11h às 22h. Fechado às terças-feiras e dia 1º de maio. Às quintas-feiras abre até as 23h. Ingresso para o acervo: € 14,00. Acesso apenas para o último piso com vista panorâmica: € 3,00. Pode incluir no Museum Pass. Endereço: Place Georges-Pompidou, 75004 Paris, França

MUSÉE RODIN | Você vai gostar porque, além de um prédio muito bonito, tem um aprazível jardim cheio de estátuas monumentais.

roteirospossiveis353.jpgEsse é talvez o mais bonito museu que visitei em Paris. A antiga moradia do artista Auguste Rodin foi transformada em museu depois de sua morte, quando deixou ao estado francês todas suas obras e bens. A coleção é maravilhosa. Suas famosas esculturas ficam tanto na parte interior do museu, no antigo Hotel Biron, como também na parte externa do terreno, no belo jardim.

roteirospossiveis352Entre as principais obras do artista está La Porte de l’Enfer (Porta do Inferno), inspirada na Divina Comédia, de Dante Alighieri, e também Le Penseur (O pensador), que homenageia aquele escritor e filósofo. Mas além dessas obras, outras se destacam no belo jardim, escondidas pelas árvores.

Horários: aberto das 10h às 17h45. Às quartas-feiras aberto até as 21h45. Fechado às segundas-feiras, 1º de janeiro, 1º de maio, 25 de dezembro. Preços: € 10,00 para o museu e jardins e € 4,00 somente os jardins. Endereço: 77 Rue de Varenne, 75007 Paris, França

MUSÉE DE L’ARMÉ (HOTEL DES INVALIDES) | Você vai gostar porque poderá fazer um divertido mergulho na história, especialmente se for com crianças.

roteirospossiveis354.JPGMuita gente pode ter pouco ou nenhum interesse em visitar esse museu, mas ele é muito bacana, especialmente para os marmanjos e para as crianças. O museu conta a história das guerras e batalhas das quais a França participou. Dividido em setores, o museu tem espaço para as batalhas medievais, de cavalaria, com exposição de armaduras e espadas que são espetaculares. Coisa de cinema.

roteirospossiveis343Há um outro espaço dedicado às artilharias, com armas de fogo e canhões, além de uma ala dedica às vitórias dos exércitos napoleônicos. Também existe um espaço que conta um pouco das Guerras Mundiais. Ao fundo do museu, está a Capela de Saint-Louis-des-Invalides, onde está o sarcófago com restos mortais de Napoleão Bonaparte. Ah, e no museu está o cavalo branco de Napô empalhado.

Horários: aberto das 10h às 17h. Fechado 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro. A cada primeira segunda-feira do mês o museu fecha suas portas. Somente o túmulo de Napoleão fica aberto à visitação. Preço: € 9,50. Pode ser visitado com o Museum Pass. Endereço: 129 Rue de Grenelle, 75007 Paris, França.

Gostou do post? Diga o que você achou deixando seu comentário. Ajude o blog e compartilhe-o pelas redes. Aproveite curta e siga o Roteiros Possíveis pelas redes sociais. É grátis e não dói nada.

Instagram: https://www.instagram.com/roteirospossiveis/
Facebook: https://www.facebook.com/roteirospossiveis/
Twitter: https://twitter.com/blogroteirospos/
Pinterest: https://br.pinterest.com/roteirospossveis/pins/

Imagens: Anderson Corrêa / Reprodução da internet

Anúncios