Quando se pensa em Sudeste, pouco se fala do Espírito Santo. Tive a oportunidade de conhecer esse estado em 2008, e de lá para cá vou sempre que possível. As terras capixabas têm cenários exuberantes, desde regiões mais quentes com praias belíssimas até as cidades mais montanhosas, onde o frio dita a regra. Ainda preciso conhecer a parte serrana, mas o litoral já é um deslumbre a parte.

Siga o perfil do blog no instagram @roteirospossiveis.

O aeroporto que serve a Região Metropolitana é o Aeroporto de Vitória – Eurico de Aguiar Salles, que era bem pequeno e passou há mais ou menos uns cinco anos por uma ampliação, mas ainda continua pequeno comparado a de outras capitais. A vantagem dele é que fica perto do centro, da praia, da UFES e de outros pontos de interesse de Vitória, cerca de 15 a 20 minutos da região central da cidade, dependendo do trânsito, obviamente.

vitoria reprod internetA Região Metropolitana é composta por sete municípios: Vitória, Vila Velha, Guarapari, Serra, Cariacica, Viana e Fundão. Vitória, a capital, é um das três capitais brasileiras localizadas em uma ilha. A maior delas é São Luís, no Maranhão (para não sabe, é onde eu vivo), seguida por Florianópolis, em Santa Catarina, que já tive também o privilégio de conhecer. Veja aqui como foi minha estada por lá.

roteirospossiveis231A região litorânea do Espírito Santo tem praias belíssimas, desde aquelas mais urbanas, como Praia da Costa, em Vila Velha, até aquelas mais isoladas e menos frequentadas como a Praia dos Adventistas, em Guarapari. Opções não faltam por lá. A água do mar capixaba é propicia às tartarugas. Já vi muitas por lá. Tanto que o Projeto Tamar também foi instalado ali para a preservação das especiais que circulam por aquelas bandas.

Quanto à gastronomia, o carro-chefe é a famosa moqueca, um cozido de peixe feito em panela de barro. E para a sobremesa, pode escolher algo industrializado como um bombom Garoto, já que a famosa fábrica de chocolates nasceu no estado. Aliás, quem for à Vila Velha, onde fica a sede da fábrica, poderá fazer uma visita ao museu e até mesmo conhecer o processo de fabricação dos chocolates. Mas marque a visita com antecedência pelo site, pois é bem concorrida.

O Espírito Santo também é cheio de regiões montanhosas. Tem o Morro do Moreno, tem o famoso morro do Convento da Penha, tem as cidades serranas, para onde o povo gosta de ir para curtir o inverno. Aliás, há um Festival de Inverno que movimenta a região.

roteirospossiveis232Bem, já deu para perceber o que se pode esperar desse Estado, não é? O Espírito Santo vai “pocar” por aqui nos Roteiros Possíveis. Nos próximos posts vou contar minhas impressões especialmente sobre algumas cidades que visitei por lá. Espero que acompanhem. Até a próxima!

Ajude o blog e compartilhe-o pelas redes. Aproveite curta e siga o Roteiros Possíveis pelas redes sociais. É grátis e não dói nada.

Instagram: https://www.instagram.com/roteirospossiveis/
Facebook: https://www.facebook.com/roteirospossiveis/
Twitter: https://twitter.com/blogroteirospos/

Imagens: Reprodução da internet / Anderson Corrêa

P.S.1 Pocar é uma gíria muuuuito popular entre os capixabas. Significa que algo é “sucesso”. Também pode se referir a “estouro”.

P.S.2 Fomos assaltados em um dos passeios que fazíamos pelas praias de Guarapari. Os ladrões levaram minha máquina fotográfica. Assim, as únicas fotos que tenho foram as que tirei pelo celular, que felizmente foi “devolvido” pelos ladrões quando viram que era um iPhone facilmente rastreável. Por isso, terei de reproduzir algumas imagens da rede.

Anúncios