Qual o monumento mais visitado de Roma? Pois é, o Coliseu, apesar de toda a má fama, já que este lugar foi palco de muitas mortes em prol do simples entretenimento dos imperadores e da nobreza de Roma na época dos gladiadores, não podemos negar a grandiosidade desse símbolo romano e sua beleza arquitetônica que resiste há séculos. E é por isso mesmo que este suntuoso monumento é considerado uma das sete maravilhas do mundo moderno, recebendo anualmente mais de 3 milhões de visitantes.

Construído no ano 72 d.C., por ordem do imperador Flávio Vespasiano, o Anfiteatro Flaviano, como era conhecido, está localizado bem no centro da capital italiana, ao lado de outros grandes importantes sítios arqueológicos, como Foro Romano, o Palatino e o Circo Massimo. O bom é que você pode visitar tudo de uma vez, melhor ainda, pagando uma única taxa, com exceção do Circo, que pode ser observado gratuitamente.

roteirospossiveis223Adentrar o Coliseu pode ser uma tarefa difícil ou muito fácil. Isso porque, como de praxe, longas e demoradas filas se formam para acessar a bilheteria e entrar no monumento. Mas isso pode ser excluído de sua vida se você optar por adquirir o Roma Pass, o bilhete turístico que te dá acesso facilitado aos principais pontos turísticos da cidade. O custo é de € 38,50 (bilhete de 72 horas) e de € 28,00 (bilhete de 48 horas).

Se não tiver interesse em comprar o Roma Pass, uma forma de evitar filas gigantescas é comprar o tíquete na bilheteria do Foro Romano e Palatino e começar a visita por ali, já que o mesmo tíquete dá acesso aos três espaços. Detalhe, a validade do bilhete é de 2 dias, assim poderá visitar o Coliseu em um dia e no outro o Foro e o Palatino, por exemplo. Bem, eu fiz a visita em um único dia.

O COLISEU

Antes de conferir os detalhes da parte interna da construção, vale dá uma voltinha em torno dele para ter uma noção da grandiosidade da construção e verificar a perfeição técnica alcançada pela arquitetura romana que vem resistindo a terremotos, incêndios e sistemáticos saqueios ao longo de sua história.

roteirospossiveis224a.JPGDurante a visita ao interior, você pode ver as galerias, degraus, escadas, o espaço da arena, bem como a parte subterrânea do Coliseu. Um lugar impressionante tamanha a grandiosidade. E pensar que por ali passaram grandes nomes da história mundial e, obviamente, milhares de homens que morreram lutando contra outros homens e com animais também. Só estando ali para ter noção de quão grande é aquele lugar. Para voltar ao passado, é só dar asas à imaginação. E garanto que é bem fácil.

roteirospossiveis219

roteirospossiveis222Ah, detalhe… no dia em que estive lá o tempo não estava tão bom. Cheguei sob muitas nuvens escuras. Depois veio uma chuva. Todos os visitantes tiveram que buscar um abrigo. Eu fiquei debaixo de um dos arcos do monumento. A chuva só parou quase meia hora depois. Mas aí veio o sol e tudo ficou melhor, especialmente porque ainda teria que ver o Foro Romano onde quase não há espaço para se abrigar.

roteirospossiveis230Mas antes de sair do Coliseu, ainda visitei a exposição que fica em um dos patamares do anfiteatro. Vale a pena dá uma passada lá para conferir esculturas, documentos e artefatos antigos.

O FORO ROMANO E O MONTE PALATINO

Quando saí do Coliseu, fui primeiro fazer fotos do Arco de Constantino. Só depois segui para o Foro Romano, entrando pela Via Sacra. O Foro foi o coração da cidade na Antiguidade. Toda a vida cívica se desenvolvia ali: política, comércio, justiça, religiosidade. Quase nenhuma das atrações desse lugar está completa.

roteirospossiveis228A maioria é ruína, mas dá para reviver a história observando cada um desses monumentos, como templos religiosos, tribunas dos senadores, o templo de Júlio Cesar, o Arco de Tito (foto acima). Percebe-se como tudo era grandioso.

roteirospossiveis229

roteirospossiveis199Já o monte Palatino, uma das sete colinas de Roma, era local de moradia dos imperadores e de suas famílias, onde foram construídos luxuosos palácios, dos quais hoje se conservam alguns vestígios. Do monte é possível ter a vista mais bonita do Foro Romano, devido a altitude. Do outro lado fica o Circo Massimo, onde ocorriam provas esportivas e outras atividades de lazer.

roteirospossiveis221Entre as mais importantes edificações presentes no monte Palatino estão a Casa de Augusto (onde está conservado parte de um afresco que ornava o palácio), a Casa de Lívia (talvez a mais bem preservada), a Domus Flávia (a residência oficial e pública construída no ano 81 a.C.), os Jardins Farneses (um dos primeiros jardins botânicos da Europa), o Hipódromo de Domiciano (para corridas a cavalo ou a pé – não se sabe bem ao certo), e o Museu Palatino, cujo acervo é composto de peças encontradas durante as escavações nesse sítio arqueológico.

roteirospossiveis226

roteirospossiveis227Com certeza, essas são atrações imperdíveis em Roma. E para te ajudar a se programar, veja abaixo algumas informações importantes:

A visitação pode ser feita a partir de 8h30 até uma hora antes do por do sol (16h30 em janeiro, 19h15 no verão). É permitido entrar até uma hora antes. É aberto durante todo o ano, inclusive aos domingos, exceto no dia 1 de janeiro, 1 de maio e 25 de dezembro. Bilhete: € 12,00 (entrada normal) e € 7,50 (tarifa reduzida). Se ficar mais dias na cidade, vale comprar o Roma Pass.

E aí, já visitou Roma? Compartilhe suas dicas também. Aproveite e siga o Roteiros Possíveis nas redes sociais. É grátis!

Instagram: https://www.instagram.com/roteirospossiveis/
Facebook: https://www.facebook.com/roteirospossiveis/
Twitter: https://twitter.com/blogroteirospos/

Imagens: Anderson Corrêa

Anúncios