Olá, andarilhos! Hoje vou apresentar o lado cult de Madrid: um roteiro pelos principais museus da cidade. Em um percurso de 1 quilômetro estão os principais centros culturais de Madrid onde é possível contemplar grandes obras de gênios da arte mundial como Velázquez, Picasso, Monet, Dalí, Rubens e Goya, ou até mesmo de artistas brasileiros, como a Tarsila do Amaral. O roteiro começa pelo Passeo del Padro, onde em poucos metros estão três dos mais importantes museus do mundo: Museo del Padro, Museo Reina Sofía e Museo Thyssen-Bornemisza.

Já seguiu o @roteirospossiveis no Instagram? Não perca tempo!

MUSEO DEL PRADO (Museu do Padro)

roteirospossiveis173Este é o mais importante museu de Madrid. Se tiver pouco tempo na cidade, aconselho colocar este como sua prioridade, já que nele estão algumas das mais belas obras de artes do país.  Só a construção que abriga o museu já é um atração a parte. Construído em 1785 por Juan de Villanueva e ampliado mais tarde, em 2007, por Rafael Moneo, esse exemplar da arquitetura neoclássica madrilhena guarda mais de 17 mil obras reconhecidamente importantes para a arte mundial, que foram preservadas mesmo após a Guerra Civil Espanhola e a Segunda Guerra Mundial.

Entre os destaques estão As Meninas, de Velázquez, que mostra toda as inovações técnicas desse grande artista; Las tres gracias, de Rubens, que inspirou tantos outros pintores; Los fusilamientos, de Goya, que provavelmente já deve ter visto nos seus livros de escola. Ainda há salas para artistas de outras nacionalidades e tempos, como a dedica da a El Greco, bem como os  já conhecidos italianos Caravaggio, Botticellli, Tintoreto e Rafael.

obras pradoO Museu está comemorando seu bicentenário com exposição especiais. Para quem tá apertado com a grana, há horário de visitação gratuita de segunda a sábado de 18h às 20h e aos domingos e feriados das 17h às 19h. Lembrando que só é permitido entrar 30 minutos antes de encerrar o horário de visita. Informações: https://www.museodelprado.es/

MUSEO THYSSEN-BORNEMISZA

thyssen.jpgEste museu não tem um coleção tão famosa e importante quanto o Padro, mas ainda assim vale a pena a visita. Localizado no Palácio de Villahermosa, datado século XVIII, o museu possui um acervo de mais de 100 obras. Trata-se de uma coleção particular riquíssima que foi adquirida pelo Governo espanhol, em 1993.

IMG_0206Entre suas obras estão quadros de Durero, Rafael, Tiziano, Rubens, Rembrandt, Caravaggio, Manet, Renoir, Cézanne, Van Gogh, Gauguin, Kandinsky, Picasso, Hopper, Rothko, entre outros, o que possibilita aos viajante fazer uma passeio pela história da arte ao longo dos três pisos do palácio. Informações:  https://www.museothyssen.org/

MUSEO REINA SOFÍA (Museu Rainha Sofia)

Reina Sofia.JPGSe você prefere obras modernas, o lugar ideal para observá-las é o Reina Sofía, nas proximidades da Estação de Atocha. O Centro Cultural possui um acervo excepcional, com obras de Pablo Picasso, Salvador Dalí, Juan Miró e até de brasileiros, como Tarsila do Amaral. Um dos espaços que me chamou atenção foi o mural com as revistas de todo o mundo que anunciavam o modernismo de cada país. E claro, lá está a revista Klaxon, do Brasil.

guernicaMas, bem, vamos falar da principal obra de Reina Sofía. Estou me referindo a Guernica, de Pablo Picasso. Infelizmente, não se pode tirar foto da obra. Uma obra bem grande que ocupa sozinha uma parede de uma das salas do museu. E é magnífica, grandiosa e emocionante. Outro destaque são as obras de Dalí. Cito especialmente Figura na janela, que foge do padrão surrealista do pintor.

O Centro de Arte, além da exposição fixa, tem muitas exposições temporárias, de artistas mais novos. Se tiver um tempo, vale conferi. o museu fecha  às terças-feiras, e tem horários gratuitos também: de segunda a sábado (exceto terça) das 19h às 21h; e aos domingos, das 14h30 às 18h. Informações: http://www.museoreinasofia.es/

Outros centros culturais nas proximidades do Passeo del Padro.

CentroCentro: localizado no Palácio de Cibeles, tem exposições de arte moderna e contemporânea e concertos de câmara. abriga também festivais de filmes, além de possuir restaurantes e no último piso o Mirador de Madrid de onde se em uma das belas vistas panorâmicas da cidade. Informações: http://www.centrocentro.org/

Bolsa de Madrid: Fica entre as fontes de Neptuno e Cibeles, num prédio de estilo neoclássico, que guarda parte da histórica econômica e artística da Espanha. As visitas são guiadas. Entrada é gratuita todas as manhãs de segunda a sexta. Informações: http://www.bolsamadrid.es/esp/

CaixaForum: um grande centro cultural que habita um edifício fabuloso onde antes funcionou a estação elétrica da cidade. Fica em frente ao jardim Botânico de Madrid e próximo aos museus mais importantes da região. Tem exposições artísticas, concertos de música e cafés. Informações: https://obrasociallacaixa.org/es/

BÔNUS – Museo Nacional de Ciencias Naturales: instalado em um antigo prédio que foi palácio do congresso espanhol no século XIX, o museu é um espaço muito interessante de aprendizagem e por isso uma ótima atração para conhecer com crianças. Tem dinossauros, animais marinhos e até um elefante dissecado. Informações: http://www.mncn.csic.es/index.jsp

Imagens: Anderson Corrêa / Blog Por Aíh / Reprodução da Internet

Anúncios