Precisava de um albergue que ficasse na região de Botafogo/Flamengo. Aí encontrei um bem na divisa dos dois bairros tradicionais da capital fluminense, o 021 Hostel e não me arrependi em nada de tê-lo escolhido. Saí do aeroporto com uma amiga que me deixou no Shopping Nova América, onde há uma estação de metrô. Com a Linha Verde, cheguei até a estação Botafogo. O resto do caminho segui a pé, tomando ares do Rio. Apenas 15 minutos e estava na entrada da rua do albergue.

Já seguiu o @roteirospossiveis no Instagram?

As dependências do hostel ficam numa casinha charmosa, com muro baixo e gradil. Quem me atendeu foi a Sheila (um primor de pessoa, aliás, como todo o staff do 021). Fiquei num dormitório compartilhado com 8 camas. O quarto era denominado “Cachaça”, como indicava o letreiro na parede. A cama era muito confortável e tinha roupas cheirosas. O armário era bem espaçoso, coube minha mala e minha mochila perfeitamente. O cadeado é por sua conta. Dentro do quarto havia um chuveiro. A água quente estava disponível. O ar-condicionado funciona a partir das 20h. O wi-fi pegava bem no quarto.

roteirospossiveis1

Meu único problema no quarto foi o travesseiro. Preciso dormir com a cabeça um pouco elevada, mas a Sheila me entregou um coberto de lã que ajudou bastante para aumentar a altura, ratificando a boa vontade do staff do hostel.

O local era bem simpático. Tinha uma varanda e um jardim; no quintal, pufs, mesas e cadeiras onde era possível conviver com os outros hospedes e tomar algumas cervejas vendidas no local. Pela manhã aquele espaço era dedicado ao café. E era muito agradável fazer o desjejum ali, ao ar livre, sob a copa de uma grande árvore. O café da manhã era composto por café, claro, leite, suco artificial, frutas (mamão e melão), pães de forma, mortadela, queijo, geleia, achocolatado e biscoitos. Há, nas proximidades havia um supermercado e a cozinha estava bem equipada, inclusive com filtro de água.

Bem, o 021 Hostel é bem centralizado, perto também de bares e restaurantes e da praia, muito favorável para as caminhadas pela manhã. Só não é perto do Galeão. Aliás, o Galeão é longe de tudo! Ah! Existe um ilustre morador na casa, um gato, do qual esqueci o nome. Não se preocupem que ele não ronda os quartos. Vivia mais paquerando na varanda, quando não chovia, claro. Sim, porque o tempo não colaborou muito com minha estada por lá.

roteirospossiveis2

De qualquer forma, recomendo o hostel especialmente àqueles que querem ter um pouco mais de tranquilidade na hora do sono. Pareceu não ser um daqueles albergues cheio de gente baladeira. Pelo menos foi o que percebi durante os dias que passei por por ali.

021 hostel – Rua Dr. Sousa Lopes 12, Botafogo – Rio de Janeiro – Brasil. Site: http://021hostel.com.br/

A imagem do cabeçalho é do site do hostel. 

Anúncios